Junte-se a nós

Desde o início de 2016 que a Oficina da Liberdade existe enquanto organização espontânea, emergente e informal. A Oficina não era mais do que um pequeno grupo de pessoas com um quadro mental semelhante que se encontrava virtual e esporadicamente nas redes sociais.

Alguns dos membros da Oficina estiveram juntos no lançamento do grupo do Facebook “Liberalismo em Portugal”. Por este grupo passou muita da discussão inicial acerca da re-organização da Direita política no quadro da tomada do poder pela aliança de extrema esquerda vulgarmente conhecida por ‘Geringonça‘.

A Oficina promoveu também vários jantares “conspirativos”: pequenos grupos de liberais reuniram-se no restaurante António (em Leça da Palmeira), escolhido por ter zona de fumadores e uma mesa redonda de dimensões razoáveis. O grupo deambulou por outros restaurantes do Porto, tendo até feito uma incursão a Freamunde para degustar o clássico ‘capão‘. De entremeio, o grupo patrocinou ajuntamentos e interacções com agremiações lisboetas e outras bolhas de resistência liberal espalhadas um pouco por todo o país.

Em Abril de 2017 a Oficina decidiu organizar a sua primeira tertúlia. O tema foi a liberdade de expressão e a ameaça à liberdade que advém da obsessão pelo politicamente correcto. O sucesso foi tal que a Oficina acabou por organizar outras tertúlias, algumas delas em Lisboa. No total, entre Abril de 2017 e Dezembro de 2018, foram organizadas seis edições destes encontros.

Em inícios de 2018, a Oficina decidiu promover a edição de um livro sobre o liberalismo em Portugal. Nesse projecto participaram 29 liberais (alguns deles estrangeiros). Foi então que a Oficina pensou pela primeira vez em dar corpo àquilo que até então tinha sido fruto da ordem espontânea.

A Oficina da Liberdade nasce enquanto associação sem fins-lucrativos em Dezembro de 2018. A formalização da Oficina decorre da necessidade de promover a edição do seu primeiro livro. Acresce a isto que a institucionalização da Oficina permite dar seguimento a outros projectos que os seus fundadores tinham em mente há algum tempo.

O primeiro resultado deste trabalho de formalização da Oficina é a publicação em Maio de 2019 de um livro sobre o liberalismo. Este livro resulta de uma parceria com a editora Aletheia, sendo que já estamos a preparar a edição do próximo volume.

A Oficina não pretende ser o projecto dos seus fundadores, mas sim o projecto que reune os liberais portugueses. A Oficina é de todos, para todos.

Caso queira aderir à Oficina da Liberdade, ou simplesmente contribuir para a organização de algum dos nossos projectos, entre em contacto com um dos fundadores.

Junte-se a nós!
As ideias têm consequências.