Mês: Fevereiro 2022

O bode expiatório

Nuno Lebreiro Um dos chavões que mais fizeram sucesso no Zeitgeist mediático e político é que a direita não passa de uma coutada de obcecados pelos negócios, interesses materiais e os “cifrões”, enquanto a esquerda representa o arauto dos sentimentos, das virtudes e dos valores imateriais. Artigo publicado pelo Novo a 2022-02-25. Ler mais.

Fraqueza maior

Carlos M. Fernandes Vivemos um momento de inflexão moral e em breve serão as crianças a assumir a obrigação de proteger os pais e os avós, ou pelo menos de apaziguar-lhes as neuroses. Artigo publicado pelo Observador a 2022-02-25, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade. Ler mais.

A conjura dos néscios

Ricardo Dias de Sousa O PP procura no histórico presidente da Galiza recuperar a auctoritas, dignitas e gravitas perdida com este episódio. Curiosamente Feijóo representa a antítese de Ayuso muito mais que Casado. Artigo publicado pelo Observador a 2022-02-24, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade. Ler mais.

Em defesa da desigualdade

Alexandre Mota A democracia tem vindo a transformar-se na ditadura da maioria, resultado de uma barganha de votos por benefícios para grupos particulares em detrimento dos direitos de outros indivíduos ou grupos. Artigo publicado pelo Observador a 2022-02-18, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade. Ler mais.

CDS

José Meireles Graça O seu único capital é o das desavenças cediças, inúteis porque o catolicismo de que muitos se reclamam não é tão forte que os leve a rezar um acto de contrição, e a outros a uma atitude de perdão. Artigo publicado pelo Observador a 2022-02-11, integrado na coluna semanal da Oficina da …

CDS Read More »

No-Vax Djokovic

Ricardo Dias de Sousa O governo australiano fez o que fazem todos os governos que se preocupam com a próxima eleição: cedeu ao clamor daqueles desgraçados que, instigados pelos fariseus, pediam a libertação de Barrabás. Artigo publicado pelo Observador a 2022-02-04, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade. Ler mais.

Scroll to Top