Destaques homepage

Supremo erro

José Meireles Graça Que Manuel Pinho seja uma personagem abominável não tira nem devia pôr nada: a justiça não se realiza com seguidismo em relação à opinião pública, nem à publicada. (Ler mais) Artigo publicado pelo Observador em 2022/05/15, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Toponímia

José Meireles da Graça Ainda em 4 do mês passado o miraculado estadista condenava os governos que encaminhavam o mundo para a catástrofe. A ucraniana? Que nada, a das alterações climáticas. (Ler mais.) Artigo publicado pelo Observador em 2022/05/06, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Inflação é imposto

Ricardo Dias de Sousa A Guerra na Ucrânia ou a Pandemia, apesar de serem acontecimentos com o potencial de provocar modificações significativas nos preços, não são a causa da inflação. (Ler mais.) Artigo publicado pelo Observador em 2022/04/29, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Tempestade Perfeita

Carlos M. Fernandes Que a providência nos livre dos filósofos-reis e dos tiranos esclarecidos, mas um reino de tolos governado por tolos não é um passo no sentido de uma sociedade mais aberta, pacífica e educada. (Ler mais…) Artigo publicado pelo Observador em 2022/04/22, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Anita e os impostos

Alexandre Mota Anita estava em estado de choque. Pela primeira vez sentia o longo braço do fisco, ameaçador, sufocante, omnipresente. Ao fundo, na TV, falava o secretário de estado dos assuntos fiscais. Ler mais… Artigo publicado pelo Observador em 2022/04/15, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Regras

Diogo Hoffbauer Sou eu que sou desumano ou é progressivamente mais difícil empatizar com seres que, embebecidos pela superficialidade da sua bondade, são na verdade tão desprovidos de empatia? (Ler mais…) Artigo publicado pelo Observador em 2022/o4/08, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Frei Anacleto

José Meireles Graça Todos os países fazem dissimulada ou ostensivamente discriminação, e fazem bem. Ter comunidades demasiado extensas de, por exemplo, negros ou muçulmanos, é constituir um reservatório de problemas. (Ler mais…)  Artigo publicado pelo Observador em 2022/04/01, integrado na coluna semanal da Oficina da Liberdade.

Scroll to Top